Você se considera um gamer? Conheça a faculdade de jogos digitais

Você é fascinado por jogar e entende tudo da área de jogos digitais? Então o seu caminho profissional pode ser a faculdade de jogos digitais. Há muito tempo que o videogame não é mais um item somente de lazer e entretenimento, ele passou a ser também uma grande oportunidade profissional.

Com um maior número de pessoas jogando, de todas as idades e sexo, um mercado foi criado e consequentemente uma demanda. E aí que entra o profissional da área de jogos digitais, pois é ele que irá realizar diversas atividades para deixar os games ainda mais atraentes. Ele é responsável por criar as regras do jogo, os personagens, cenários e animações.

Jogos Digitais


E claro, hoje os jogos não estão apenas nos tradicionais consoles. A criação e desenvolvimento de jogos eletrônicos também serve para computadores, celulares, tablets.

Durante o curso, o estudante de jogos digitais conhecerá todas as etapas de criação de um jogo, como escolha do tema, elaboração do roteiro, desenho dos personagens, animação, programação e finalização.

Como principais disciplinas do curso, o aluno irá se deparar com desenho e técnicas de ilustração, introdução ao game design, programação para games, roteirização dos jogos, game engine, storyboard e linguagem audiovisual e desenvolvimento de jogos para web.

As possibilidades de atividades para o profissional de jogos digitais são amplas. Além de poder atuar diretamente com jogos pensados para videogame e similares, o jogo digital é bastante requisitado para fins educativos, para o treinamento de funcionários e para ações de comunicação e marketing.
Devido ao crescimento da área, as oportunidades também aumentaram nos últimos anos. O profissional poderá atuar em produtoras de jogos digitais, canais de comunicação via web, produtoras de websites, agências de publicidade e veículos de comunicação.

A carreira do profissional de jogos digitais

Muito se fala do perfil e da personalidade de cada pessoa e a relação disso com o curso escolhido. Na área de jogos digitais não é diferente.

Primeiramente, quem deseja seguir na carreira de Jogos Digitais deve gostar de tecnologia e ter alguma afinidade com linguagens de programação e deve saber se comunicar.

A criação de um jogo geralmente envolve muita gente. Então, saber trabalhar em equipe é fundamental. Em razão disso, o profissional deve ter boa capacidade de comunicação. Durante a execução de uma atividade, é necessário explicar questões técnicas do trabalho que desenvolve para os outros membros da equipe para que tudo saía bem.

Assim como em várias profissões, o profissional da área de jogos digitais deve estar antenado com relação às novas tecnologias. Acompanhar a evolução do mercado é crucial.

Mercado em crescimento

O mercado de jogos digitais não para de crescer. A Newzoo estuda os dados do mercado de jogos digitais no mundo e apontou que o Brasil possui mais de 75 milhões de jogadores que colocam em movimento cerca de US$1,5 bilhão anualmente.

No ranking mundial, a pesquisa aponta que o Brasil é o 13º maior mercado e lidera entre os latino-americanos.

A principal razão para esse crescimento é o aumento das alternativas de disponibilização dos jogos.
Conforme o 2º Censo da Indústria Brasileira de Jogos Digitais (IBJD), o número de desenvolvedoras de jogos cresceu 164% de 2014 até 2018, saindo de 142 para 375. Essas companhias empregam 2,7 mil pessoas, uma alta de 144% em relação a 2014.

Em outro levantamento, dessa vez projetando o futuro, o mercado de games no Brasil deve crescer em torno de 5,3% até 2022. O resultado foi apresentado pela 19ª Pesquisa Global de Entretenimento e Mídia, da PwC.

Segundo a PwC, somente com jogos de celulares o faturamento mundial em 2022 chegará a US$ 878 milhões em 2022. O faturamento estimado para o mercado nacional de jogos digitais deverá ser de US$1,756 bilhão.

Diferencial para conseguir emplacar

Como vimos, o mercado de jogos digitais está em amplo crescimento. Além disso, a expectativa é que ele siga evoluindo, trazendo uma maior movimentação na economia, impulsionando faturamentos e lucros e gerando mais postos de trabalho.

Mas é claro que com o aumento da demanda também crescerá a competitividade. E para se destacar nesse cenário é válido adquirir noções e conhecimentos de marketing.

Os maiores desafios para as empresas nacionais e internacionais nos próximos anos será o de se promover e o de distribuir os jogos. Pois, a partir do momento em que novos estúdios e publicadores lançam títulos, conseguir visibilidade e se diferenciar fica mais complicado.

É por isso que os novos desenvolvedores, enxergando essa necessidade do mercado, precisam se especializar cada vez mais em marketing e monetização.

Com essa estratégia em mãos e mantendo bons níveis de qualidade e inovação, os novos programadores de jogos digitais chegarão ao mercado de trabalho preparados para enfrentar os desafios da área.

Depois de conhecer um pouco mais sobre a profissão e o mercado de trabalho, o que falta para você começar o curso de jogos digitais?

Leia o Conteúdo Completo »

Serviços de internet: como contratar os serviços adicionais

Você pode ter nunca ouvido falar ou ler algo sobre os SVAs (Serviços de Valor Adicionado), mas certamente já usou ou lhe foi oferecido. Eles fazem parte daqueles serviços oferecidos pelas operadoras além dos planos de telefonia, como aplicativos pagos de jogos, horóscopos, notícias por SMS, cursos de idiomas, backup de arquivos, proteção para o celular e até assistente virtual.

A oferta de serviços de internet é bem variada. Os planos de celular ou banda larga incluem acesso a plataformas de streaming, desde filmes até músicas e esportes, dependendo da empresa.

serviços de internet


As operadoras também oferecem aplicativos de jornais e revistas, livros digitais e conteúdo infantil também costumam aparecer entre os benefícios digitais extras das operadoras. Os pacotes de internet banda larga mais completos também contam com serviços digitais de proteção de dados e informações.

Mas lembre-se, esse tipo de serviço só pode ser cobrado pela operadora se o consumidor autorizar, prévia e expressamente, que eles sejam prestados.

Como contratar serviços de internet


Os serviços adicionais, geralmente, são oferecidos via SMS, por meio de pop-ups que aparecem na tela de celular ou do computador do consumidor, por mensagem de voz ou ainda por meio de ligação quando o consumidor vai efetuar uma recarga ou consultar saldo.

Antes, porém, procure conhecer exatamente as condições de oferta, como preço, duração e formas de cancelamento. Acompanhe pela internet (sites da operadora) todos os serviços de internet que você utilizou nos últimos seis meses. O consumidor pode encontrar o seu relatório de consumo, que especifica detalhadamente o que foi contratado e o valor.

As empresas oferecem serviços como plataforma de games usando a ultravelocidade da banda larga aos melhores parceiros da comunidade gamers. O consumidor pode escolher ainda proteção online para seus dispositivos: PCs, Macs, Smartphones, Tablets e outros, com gerenciamento simples em um único lugar.

O cliente ainda pode ver, ao vivo, o que está acontecendo na sua casa através do aplicativo smarthome e das câmeras de monitoramento. Além disso, problemas técnicos com seu computador, TV e celular podem resolvidos sem sair de casa. E ainda conta com isenção de visitas técnicas.

serviços adicionais de internet

O site Mobile Time apontou que os serviços de internet podem chegar a representar 80% da receita de serviços móveis para algumas empresas. E o esforço das operadoras no sentido de oferecer esse algo a mais é evidente. Em dois anos, as reclamações na Anatel referentes aos SVAs caíram 65%.

O Mobile Time destacou que a tendência que todas as operadoras estão seguindo no momento é simplificar e enxugar os SVAs. E também direcionar os esforços para o entretenimento e a educação.

Cobranças indevidas


Muitas pessoas são apressadas ou desatentas e acabam clicando em OK nas mensagens de texto, pop-ups (janelas que abrem no celular ou no computador) realizadas pelas operadoras. E, assim, sem querer ou sem perceber contratam os serviços de internet. De modo similar, não prestam atenção no que está na mensagem de voz ou na pessoa que telefonou e acabam distraidamente concordando com o serviço oferecido.

Se você quer contratar serviços adicionais pelo celular, internet ou telefone fixo, como horóscopo, jogos, músicas, toques de telefone diferenciados, notícias enviadas por SMS, antivírus, deve ficar atento aos seus direitos. 

A cobrança indevida é, de longe, a principal reclamação na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel): responde por 40% a 50% das queixas que chegam à agência. Foram 908.870, de janeiro a outubro, de serviços de celular pós e pré-pago, banda larga e TV por assinatura. 

Segundo a Anatel, são cobranças erradas de todos os tipos: desde um serviço que foi contratado e não fornecido, a contas que chegam após o cancelamento, passando por valores tarifados em dobro.

Desde 2014, as operadoras são obrigadas a detalhar a fatura, fornecer segunda via, discriminar cada serviço e preço, informar o histórico de consumo dos últimos meses e oferecer ferramenta para que o consumidor possa comparar se o seu plano está compatível com o seu perfil de uso.


Algumas dicas na contratação


É importante que o próprio consumidor tenha atenção ao uso dos serviços para não contratar inadvertidamente um SVA, ou para não ser cobrado por um serviço que não contratou. Ele tem direito a receber em dobro por aquilo que foi cobrado e pago indevidamente.

A Anatel orienta que o consumidor sempre leia com atenção as mensagens que chegam em seu celular oferecendo serviços adicionais. As mensagens devem informar claramente quanto eles custam e como é possível cancelar o serviço.

Se estiver na dúvida sobre o consumo dos seus créditos, ligue para a prestadora ou acesse o espaço reservado ao cliente na página da empresa na internet. A operadora é obrigada a informar claramente todos os débitos em sua fatura ou em seus créditos.

Se não conseguir resolver seu problema com a prestadora, abra uma reclamação na Anatel. Mas não esqueça: é fundamental que você tenha em mãos o número do protocolo do seu atendimento com a operadora.

Caso você receba na sua fatura alguma cobrança de serviços de internet ou tenha tido crédito consumido por um serviço adicional não contratado, procure os canais de atendimento da operadora e peça o cancelamento.

Por fim, cabe ao consumidor ficar atento às cobranças indevidas e as operadoras implementarem estratégias de educação para o consumo para conscientizar consumidores sobre o que são os serviços adicionais.

Leia o Conteúdo Completo »