Qual é o Banco da Yamaha? Como ser contemplado mais rápido no consórcio?

Muitos são os mitos sobre financiamentos e consórcios e é preciso desmistificá-los se você deseja conseguir um bem de alto valor, pagando juros menores do que da maneira tradicional. Os consórcios são uma ótima estratégia para pessoas que fazem um planejamento a longo prazo e não possuem pressa em ter o seu bem. Pode ser uma ótima maneira de investir pagando parcelas fixas para no futuro conseguir sua moto ou carro. O consórcio é garantido, de todas as maneiras você vai ser contemplado o que varia nisso é a sua sorte ou conseguindo o seu bem através de um lance que precisa ser bem planejado.

Para quem deseja ter uma moto da Yamaha, pode valer muito a pena investir em um consórcio feito pelo Banco da Yamaha, que justamente pensando em seus clientes, além de montadora, permitem que os clientes saiam de uma concessionária com o negócio fechado ou ainda simulem as condições previamente online para que seus clientes não passem o constrangimento de ter gerentes ou vendedores insistentes muitas vezes oferecendo produtos que você não deseja, e apenas se dirijam a uma concessionária para fechar negócio. Se interessou? Neste artigo você vai aprender tudo sobre o Banco da Yamaha e como ser contemplado mais rápido no consórcio.

Quais são os tipos de contemplação em um consórcio?

O consórcio funciona como se fosse uma carta de crédito em que os clientes pagam parcelas fixas e nelas estão inclusas até taxas administrativas e seguros caso um dos clientes que adquiriram uma cota no consórcio fiquem inadimplentes. Existem duas formas de conseguir o seu bem via consórcio, sendo elas:

Sorteio

O sorteio, é bem auto-explicativo, e é uma maneira bem aleatória que os clientes acabam conseguindo adquirir o seu bem e todas as pessoas que adquirem uma cota para participar do consórcio em algum momento serão contemplados igualmente, o que vai variar é o momento em que vão conseguir sua moto do Banco Yamaha pois isso depende, como o próprio nome diz, da sorte do participante. Todos os meses é realizado uma assembleia mensal que pode ser de maneira online ou pela Loteria Federal e nesta assembleia é escolhido um cotista aleatório.

Lance

Essa é uma das categorias que permite que o cotista arremate o seu bem. Neste caso a sorte tem muito pouco a ver com a capacidade de arrematar a sua moto do consórcio do  Banco da Yamaha. Aqui, o cotista deve ofertar um pagamento de parte do valor do consórcio de acordo com sua disponibilidade financeira, como se fosse um adiantamento de parcelas. Esse tipo de lance é feito na assembleia e só quem efetivamente vencer e arrematar o bem acaba pagando a parcela oferecida. Os lances podem ser classificados como lances livres em que vence quem der o maior valor e em lances fixos que todos os cotistas oferecem algum percentual pré-estabelecido no contrato do consórcio e quem optar por participar dessa oferta de lance fixo, será sorteado dentre os participantes. Dessa maneira não há como afirmar quem sai vencendo, ainda dependendo da sorte.

Como conseguir ser contemplado mais rapidamente num consórcio?

É possível ser contemplado antes do tempo estipulado pelo Banco da Yamaha, aprenda algumas dicas para te fazer andar de moto antes do que você imagina!

1. Pague sua cota em dia

É importante nunca assumir compromissos financeiros que não pode arcar e quanto mais regrado você for quanto a isso, mais todos os participantes terão chance de ser contemplados e o consórcio se finalizar no tempo certo. Se você não pensa em grupo e no coletivo, adquirir sua moto através do Banco da Yamaha em um consórcio pode não ser a melhor alternativa. Se você estiver inadimplente, não conseguirá ser contemplado. Se tiver imprevistos financeiros, contate o Banco da Yamaha e negocie as condições para não prejudicar ninguém nem ser prejudicado.

2. Entre em um grupo em andamento

Essa é uma ótima estratégia, pois algumas pessoas já tiveram lances contemplados e dessa maneira são menos pessoas para concorrer com você no consórcio. Só se atente ao valor das cotas para acabar não entrando em um grupo de consórcio do Banco da Yamaha que tem valores de parcelas mais altas do que o que você esperava.

3. Conheça bem o seu grupo

Você pode solicitar ao Banco da Yamaha informações de contemplações anteriores, valores de lances, médias de parcelas, quantas contemplações mensais, etc. Esse passo é super importante para entender o funcionamento do seu grupo e descobrir a melhor maneira de ofertar um lance por exemplo.

4. Analise a melhor época para dar lances

Como já dissemos, é super importante conhecer bem o seu grupo para descobrir a melhor maneira de ofertar um lance no consórcio do Banco da Yamaha. Conhecendo o comportamento dos cotistas você pode optar pelos melhores momentos de ofertar um lance e saber quando não ofertar. Por exemplo, os meses de novembro e dezembro são muito concorridos por ser um momento em que a maioria das pessoas tem mais dinheiro disponível com o pagamento do 13º.

5. Pague por meio de lance embutido

Esse tipo de estratégia requer um pouco de planejamento mas é possível pagar um lance com a sua própria carta de crédito emitida pelo Banco da Yamaha. Essa estratégia é conhecida como lance embutido e você pode usar parte do do valor do plano contratado, estabelecido pela administradora, para compor o valor ofertado como lance. Dessa forma, se for o vencedor, o percentual do lance embutido será descontado do valor a receber. No entanto, se não houver contemplação, sua carta continuará intacta.

6. Seja persistente

O consórcio do Banco da Yamaha, por mais que você adote mil e uma estratégias inteligentes, ainda depende da sorte. Por isso, não desanime! Se você não ganhar da primeira vez mesmo tendo planejado um lance, não desista e opte por oferecer um lance fixo de outra vez. Quanto mais valor você puder ofertar maior a chance de ganhar!

Leia o Conteúdo Completo »

Onde posso pegar dinheiro emprestado com o nome sujo?

Empréstimo com o nome sujo é uma questão que trás muitas dúvidas na mente das pessoas, isso porque a partir do momento que alguém se encontra negativado ele deixa de ter um histórico de bom consumidor e passa a não ser tão bem visto pelas instituições financeiras, que ficam temerosas ao prestar qualquer tipo de serviço para quem está nessa condição e saírem prejudicados também.

Mas é possível uma pessoa com nome sujo fazer um empréstimo? Sim, é possível! Porém na maioria dos casos o processo se torna mais burocrático do que o normal pelo fato de certos bancos querem uma análise mais precisa para saber se aprova ou não o interessado naquela condição para se tornar um cliente da bancária.

O que é o nome sujo

O nome sujo está referente aquelas pessoas que fizeram alguma dívida, independente do produto e quanto custou ela deixou de pagar e veio a quebrar o contrato que fez com tal empresa, ou seja, casou um descumprimento.

No país existem os órgãos de Proteção ao crédito, eles são responsáveis por repassar as informações de inadimplência, eles são o Serasa que é uma empresa privada, o SPC(Serviço de Proteção ao Crédito) e também o Boa Vista SCPC(Serviço Central de Proteção ao Crédito.)

Para que a pessoa consiga sair dessa situação ele terá que pagar a dívida ou esperar cinco anos para que seu CPF(Cadastro de Pessoas Físicas) não conste mais nesse sistema, porém a dívida continua para que o negativado pague.

Quais são as consequências de estar como nome sujo

Estar negativo pode trazer muita preocupação e dor de cabeça para uma pessoa, mas por quê? Como já comentamos as instituições financeiras têm muito receio de fechar negócio com pessoas e a prestação de serviços financeiros fica bem mais difícil de se realizar na vida das pessoas, veja algumas dessas consequências:

  • Ser aprovado para fazer um financiamento de qualquer bem, como um imóvel ou veículo automobilístico por exemplo.
  • Empréstimo com nome sujo passa a se tornar algo muito difícil
  • Abrir uma conta corrente com as instituições bancárias
  • Chegar até o cancelamento do cheque especial
  • Conseguir um cartão de crédito
  • Conseguir aumentar o limite do cartão de crédito se já possui um

Onde posso pegar dinheiro emprestado com o nome sujo?


Tudo isso se faz difícil de conseguir quando a pessoa está negativado, porém não impossível! Saiba quais as opções de empréstimo pessoal que quem tem o nome sujo pode realizar com sucesso!
como pegar dinheiro emprestado com nome sujo

Serviço de empréstimo pessoal com nome sujo

Grande parte das pessoas acha que fazer um empréstimo é algo que não se deve pensar quando está negativado, mas se engana quem encontra esse pensar. Encontrando o empréstimo com nome sujo certo e fechando o negócio de acordo com suas condições financeiras, essa na verdade pode ser uma ótima ideia para conseguir sair do vermelho.
Leia agora algumas modalidades de empréstimo para saber um pouco de como eles funcionam.

Um financiamento

O financiamento de um carro ou imóvel é o sonho de muita gente. Para realizar um a pessoa precisa solicitar a instituição financeira do seu desejo, depois será passado um formulário para que seja preenchido para que uma análise seja feita.

Se obtiver aprovação o cliente começará a pagar mensalmente as parcelas junto com taxas de juros. Esse tipo de empréstimo com nome sujo pode ser realizado, porém os valores a serem pagos pelas taxas serão bem mais elevados.

Um empréstimo pessoal

O empréstimo pessoal é super fácil para realização o cadastro,podendo ter a sua realização completa feita apenas através de um celular ou caixa eletrônico.

Quando se falam de taxas, elas podem ser maiores do que comparadas a do financiamento.

Fazer esse tipo de empréstimo com nome sujo, pode variar de acordo com os bancos, nem todos aceitam a situação.

Empréstimo para negativado

O empréstimo para negativados, é feito exclusivamente para essas pessoas, mas a recomendação é que ele seja procurado apenas se outra saída não foi encontrada.

Esse serviço costuma aplicar quase o dobro de juros, deixando a pessoa em situação mais complicada ainda.

Um crédito com garantia

No empréstimo com garantia a pessoa deve oferecer algum bem. Pode ser um carro, uma moto, uma casa, apartamento, terreno, enfim algo de valor que condiz com a quantidade do dinheiro que vai receber do banco.

Isso é feito porque se caso a pessoa descumpra com o contrato e não pague pelas mensalidades,a instituição tem o direito de confiscar tal bem.

Um empréstimo consignado

Uma das melhores opções de empréstimo com nome sujo e o consignado. A pessoa precisa apenas ter um emprego fixo, isso porque o valor das parcelas negociadas passam a ser diretamente descontadas do salário daquele cliente e os bancos vêm aí um ótimo meio de não se prejudicar.

Um empréstimo para empregados domésticos

Quando se fala de empregados domésticos, percebemos que nem sempre eles estão incluídos devido a sua renda. Contudo algumas instituições financeiras ou empresas podem sim fechar negócio com essas pessoas mas o valor a se oferecer certamente será bem menor.

Leia o Conteúdo Completo »